Leandre e prefeito de Irati apresentam a Cidade do Idoso ao governador Ratinho Junior

A Cidade do Idoso é um espaço direcionado para a promoção e desenvolvimento do envelhecimento ativo da população de Irati e região; a iniciativa é pioneira no Paraná.


Nesta quarta-feira de Cinzas, a deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR), o prefeito de Irati, Jorge Derbli, e a vice-prefeita, Ieda Waydzik, apresentaram ao governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, o projeto Cidade Do Idoso. A reunião aconteceu no período da manhã, no Palácio Iguaçu.

A Cidade do Idoso é um complexo social direcionado para a promoção e desenvolvimento do envelhecimento ativo e saudável da população de Irati, podendo se estender para atender as cidades da região.

A iniciativa, pioneira no Estado do Paraná, teve mentoria da deputada Leandre. E é inspirada em uma estrutura em funcionamento no município de Chapecó (SC).

Leandre e Jorge Derbli foram conhecer de perto a estrutura catarinense. E após muito estudo, o projeto foi lançado, oficialmente, à população de Irati, em uma cerimônia realizada dia 4 de fevereiro, na Câmara Municipal.

  O governador ficou entusiasmado com o nosso projeto. Queremos envolver o governo nessa iniciativa, e, num futuro, replicar o projeto para outras regiões do Paraná.

Leandre Dal Ponte, Deputada Federal (PV-PR).

Conheça o projeto

A Cidade Amiga do Idoso é direcionada às pessoas idosas. E contempla várias estruturas, onde elas poderão passar o dia, e desenvolver atividades que proporcionam um envelhecimento ativo e saudável.

Em Irati, serão utilizadas algumas estruturas do CT Willy Laars, adequando os espaços para atender a população. O projeto contempla refeitório, cozinha, espaço para letramento, inclusão digital, atividades físicas, musculação, hidroginástica, jogos, lazer, dança, teatro. Também estão previstas áreas de promoção à saúde: consultório médico e odontológico, e um espaço para medicina geriátrica, e nutrição.

Leandre destacou ao governador a importância e a contemporaneidade do tema, visto que as Nações Unidas instituíram os anos de 2021 a 2030 como a Década do Envelhecimento Ativo e Saudável.

FONTE: Deputada Federal Leandre